Quem sou

Meu nome é Celmara, 39 anos, Curitibana, casada com João Eduardo e mãe da Fernanda. Resolvi fazer esse blog prá contar sobre nosso maior sonho que é sermos pais e isso será possível através da Adoção! Além de me distrair e suportar a ansiedade, espero ajudar e informar, desabafar e conseguir não arrancar os cabelos, comer as unhas ou engordar 200 quilos, pois adotar é maravilhoso, mas é burocrático e demorado! Estamos no meio do processo e eu espero que quem passe por aqui goste, pois estou fazendo esse blog com muito amor e carinho e ele será o Livro da Vida dos nossos filhos, por aqui eles saberão desde o começo que nós já os amamos e esperamos ansiosos por sua chegada!

Anúncios

22 comentários sobre “Quem sou

    • Fabiola, a busca ativa entra apenas para crianças maiores de cinco anos, negras, com irmãos maiores, com patologias moderadas/severas… dois irmãos até 4 anos, saudáveis e brancos, apenas na sua comarca, boa sorte!

    • Olá Renata, obrigada pela visita! Busca ativa é feita prá crianças denominadas inadotáveis: crianças maiores de 3 anos, negras, pardas, com irmãos e especiais. Infelizmente este rótulo é a nossa realidade. Abraço.

  1. Sou pai de dois lindos filhos… e li ontem (08/04/2014) o seu texto sobre adoção tardia, que me fora enviado pelo Grupo de Apoio aqui de BH… fiquei muito bem impressionado com o texto e, para minha felicidade, ontem mesmo fiz uso do texto pois minha irmã me ligou à noite pra contar que tinha sido chamada pela assistente social que comunicou-lhe que seu filho está pra chegar… É um menino de 4 anos… não perdi tempo e já engatei algumas de suas sugestões sobre a necessidade de aproximação prévia, antes de sucumbir à ansiedade de já levar a criança pra casa, etc.
    Muito obrigado pelo texto e por ter decidido compartilhar essa enorme parcela de sua vida…
    E parabéns pela realização de seu sonho… que Deus lhes ajudem a serem uma família muito feliz!…

    • Emerson, obrigada por suas palavras, pela visita e pelo carinho! Espero ajudar com tudo que aqui coloco, na maioria das vezes é algo pessoal, vivido por mim com as meninas, mas tenho colocado muitos relatos de outras mães, amigas e que são ótimos, principalmente na adoção tardia e grupo de irmãos. Que Deus abençoe sua família e o mais novo membro que vai chegar, logo logo ele estará completamente ambientado e quando quiser venha contar tudo sobre ele, obrigada mais uma vez, seja bem vindo sempre!

  2. Olá Celmara!
    Adorei seu blog!! É muito informativo e emocionante!!!

    Li alguns posts que fizeram reavivar minha esperança! Realmente essa espera é bem difícil. Demos entrada nos papeis da adoção em março/2012, o processo foi deferido em julho/2013, e desde então estamos esperando… até agora nada!

    Nosso perfil é de 0 a 3, sexo indiferente, com um irmão até 3 anos, branco ou pardo… Tenho lido muito sobre adoção e confesso que tivemos receio em escolher uma criança com uma idade maior (os livros falam muitos de problemas que essas crianças carregam, mas tenho visto pelos adotantes que o amor supera tudo isso e que não são problemas diferentes dos que os filhos biológicos apresentam!!).
    Sei que a escolha de uma criança mais nova não corresponde com a realidade das crianças aptas para a adoção, mas enfim, acredito que também precisamos amadurecer a idéia de talvez alterar o perfil, pensar e conversar muito para fazermos a coisa certa.

    Achei super motivador o fato de vocês terem preparado o quarto sem nem mesmo saber quando chegariam, qual idade, sexo, etc!! Ainda não fizemos nada do tipo… mas hoje me despertou a vontade de começar…rs

    Tenho 37 anos e desde os 30 sonho em ser mãe! Tenho endometriose num grau bem agressivo. Hoje a doença está controlada, mas me impede de engravidar.

    A cada 2 meses vou ao Fórum para saber como anda o processo e sempre sem novidades…

    Em sua opinião, há algo mais que possamos fazer?? Há alguma estatística a respeito desse tempo de espera x perfil escolhido??

    Ás vezes desanimo e acho que o dia tão esperado nunca irá chegar… Mas sempre resgato minha fé em Deus sabendo que Ele é quem sabe do tempo e de todas as coisas… nada é por acaso não é verdade?

    Parabéns pelas suas meninas e pela sua família!!!

    Abraços!

    Roberta

    • Olá Roberta, obrigada pela visita e pelas palavras carinhosas!
      Geralmente a habilitação leva entre seis meses a um ano prá sair, vc é de Curitiba?
      Menina, seu perfil é a cereja do bolo, infelizmente a maioria dos pretendentes quer esse perfil, alguns depois de muita espera aumentam prá 0a5 anos, mas continua a mesma demora. Seu perfil deve levar em média 5 anos. Apenas se vc aceitar crianças especiais e com patologias mais sérias, como HIV+, SD, autismo etç. Já pensou em adoção interrracial? Quem sabe um grupinho de irmãos em adoção tardia? Respeito seu perfil e saiba que é um direito seu escolher, ninguém pode se intrometer nesta escolha, afinal é prá vida toda, mas pense com carinho, será que seu desejo por crianças menores e mais clarinhas é maior que seu desejo de ser mãe? Posso te garantir que adoção tardia e grupo de irmãos é a melhor sensação do mundo, não deixa nada a desejar e temos sim muitas primeiras vezes e posso garantir que são tão ou mais emocionantes quanto as primeiras vezes de uma adoção com bebês! Se precisar de ajuda estou por aqui ou nas redes sociais, caso queira saber mais sobre adoção tardia, grupo de irmãos, adoção interracial. adoção especial… Deus sabe nossa hora, é Ele quem tudo comanda, mas não custa nada dar uma ajudinha de vez em quando né? rsrsrsrsrsrsrs.
      Mais uma vez obrigada pelo carinho, boa sorte na sua caminhada.
      Beijooooooooooos.

  3. Olá Celmara, amei seu blog… acalmou e confortou meu coração, sabe o que eu gostaria de saber?
    Demora quanto tempo entre a entrevista psicológica e estarmos na fila?

    • Oi Regiane, vc é daqui de Curitiba? Entre nossa última entrevista com a psico e estarmos no CNA, levou dois meses, lembro bem que nossa entrevista foi dia 2 de maio e no dia 13 de julho estávamos habilitados, depois levou mais uns 20 dias prá nos incluírem no cna.

  4. Oi Celmara, adoro o seu blog, amei o vídeo que você postou das meninas, que a propósito são uma graça, pois bem,gostaria de saber uma coisa, eu moro Pomerode-SC, uma cidade de 27 mil habitantes, não existem crianças para adotar aqui, como normalmente as comarcas dão prioridade para as famílias da própria comarca….fico sem esperança de conseguir…tenho um amiga que já está há 8 anos na fila e o perfil dela é até sete anos, cor e sexo indiferente com doenças tratáveis….e acho que ela já está desistindo 😦
    Já tenho um filho biológico, um menino de 3 anos, e sempre tive o sonho de ter um casal, por isso meu perfil é de menina até sete anos, cor indiferente, doenças tratáveis(estamos pensando em abrir para HIV) porém já estou sem esperança sendo que sei como é difícil conseguirem adotar por aqui, daí me pergunto: Por que o cadastro se chama Nacional se na verdade não é?Será que não existe nenhuma menina neste meu perfil precisando de uma família?Ai que tristeza….também já estou com o quarto ali, esperando, nem abro mais a porta…:(

  5. Olá Celmara tudo bem? Me chamo Raquel sou da cidade Francisco Beltrão região sudoeste do Paraná. Fazem 3 meses que montamos e colocamos para funcionar nosso Grupo de Apoio, estamos engatinhando mas sabemos que tem muitas coisas que podemos fazer para orientar, informar e ajudar pretendentes a adoção. Sou mãe de duas neguinhas tbem pela adoção tardia elas chegaram com 2 e 5 anos hj tem 3 e 7 são umas espoletas mas encheram minha casa de luz e nos deram uma vida nova, bem isso vc sabe como é né, ir dormir vc e seu marido e acordar com duas filhas tagarelas e cheias de energia correndo pela casa gritando manhêeeeeeeeeeeeeeeee. Pois bem, se possível gostaria de trocar algumas figurinhas com vc sobre o grupo de adoção, queremos muito incorporar a busca ativa ao nosso grupo vc pode me dar umas orientações? Gostaria muito de manter contato com vcs, já curti a página do seu grupo o nosso é Grupo de Apoio a Adoção de Francisco Beltrão. Sozinhas as coisas parecem que não andam e as vezes desanima, porém juntas sempre seremos mais fortes para alcançar nossos objetivos. Um grande abraço…aguardo retorno heim e sou como vc me faço presente enchendo o saco direto hehehehe, só para constar iamos ao fórum toda a semana para saber do nosso processo e todos lá já nos conhecem pelo nome, afundamos o carreiro por lá e não se livraram de nós pq além de eu ir frequentemente por causa do grupo estamos na fila novamente agora para dar um maninho para as meninas que tanto querem.
    Att… Raquel

  6. Boa noite! Adorei seu blog, achei de grande ajuda.
    Eu e meu marido estamos habilitados desde janeiro deste ano… só que a burocracia e mt grande, o q acaba causando desânimo, ansiedade, frustração…
    O nosso perfil e ate 4 anos, menina ou menino, branco, negro, pardo, com irmão…
    Gostaria de saber se é válido ir a orfanatos , de posse da habilitação?
    Um grande abraço, Lucia Helena
    ,

    • Oi Lúcia, obrigada pelo carinho! De que cidade vc é? há comarcas que proíbem visitas em abrigos, mas há outras que junto com os grupos de apoio fazem visitas toda semana para as crianças. Se o seu perfil aceitar duas crianças até 4 anos, a sua espera pode ser longa e somente na sua comarca, boa sorte e obrigada pela visita!

  7. Boa noite! Eu e meu marido somos do RJ, mas desde 2011 estamos morando em Ji Paraná(RO), devido ao emprego do meu marido. Fizemos a inscrição aqui em Jipa, mas a assistente social, nos disse que os abrigos daqui tem pouquíssimas crianças para adocao, pois mts crianças estão lá , mas nao p serem adotadas e sim p serem protegidas de problemas familiares. Enfim, ela nos orientou a ir direto nos abrigos, é como vou ao RJ com frequência, vou me informar se e permitida visita nos mesmos.
    Pelo q estou vendo, com o nosso perfil, vai ser algo bem difícil, e olha que pensamos q estávamos ampliando o leque de opções.
    Gostaria de participar do grupo de apoio a adocao no facebook, mas entrei e fui informada q o grupo está fechado….
    Se puder me orientar p q entre no grupo, agradeço.
    Obrigada, Lucia Helena

    • Oi Lúcia, qual o seu perfil? Tem vários grupos de apoio no face e são maravilhosos, eu mesma faço parte de muitos, há um post meu aqui sobre o nosso grupo daqui de Curitiba, vc pode nos procurar e vamos te acolher com todo o carinho, procurando te auxiliar no que for possivel. GAAAI e Adoção a favor de crianças reais, nos procure no face. Abraços.

  8. Oi Celmara!
    Sou catarinense e moro em Brasília. Tenho um filho de 8 anos ( que é curitibano, moramos 10 anos aí) e, como não consegui aumentar a família depois dele, eu e meu marido estamos começando o processo de adoção. Acho realmente muito burocrático o processo, estou juntando os documentos e, após, teremos que participar de um curso, com 4 encontros, que não tem mais vagas para este ano!!! Achei um absurdo!! Meu processo vai ficar travado até conseguirmos uma vaguinha num curso que não tem prazo pra ter início! Enquanto isso, meu futuro filho está em um abrigo, esperando que eu vá buscá-lo!!!
    O que gostaria de saber é, se conseguirmos a habilitação pra entrar na fila de adoção, posso procurar os TJ daí do sul, e, caso encontre alguma criança com o perfil que quero, tenho alguma preferência, ou vou depender da fila nacional? Queremos uma criança de 4 a 8 anos, de preferência menina, estamos pensando em irmãos tbm. Será que vou esperar muito? A ansiedade me mata!!!
    Um abraço e obrigada por esta iniciativa do blog, ajuda muito!

Pode comentar á vontade, vou adorar saber sua opinião...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s