Uma mistura de sentimentos.

Ainda estamos esperando o relatório ser enviado ao Ministério Público, confesso que estou meio chateada e um pouco frustrada, sei que demora, que tem pouco pessoal e que o que tem está sobrecarregado e tantos outros motivos, mas sonhar não custa e um milagre é possível! Nós havíamos decidido que faríamos o quarto das crianças sob medida, prá aproveitarmos todos os espaços possíveis, então como o marido estava de folga, fomos dar uma xeretada nas lojas prá termos idéias e passar para o marceneiro… Pois bem, andamos, andamos, conversamos,até que paramos em uma loja e nos encantamos por um jogo de quarto, parece que foi feito prá nossas crianças, é perfeito e vai caber certinho no quarto deles… fizemos orçamento e por incrível que pareça, o valor é abaixo do que estávamos esperando e podemos gastar… mas a idéia inicial era sob medida, então eu dei a desculpa de não sabermos se iria caber no espaço disponível que temos e depois da gerente oferecer descontos e bônus, saímos de lá e concordamos que é o melhor a ser feito, pois não temos um profissional de confiança e há uns dois anos, minha filha mandou fazer um guarda roupa sob medida, simples, algo normal e foi gasto em torno de R$ 4.000,00, imagina um quarto completo? Chegamos em casa e realmente fomos tirar as medidas e vai dar certo. O jogo tem um roupeiro com 4 portas, uma cama com cama auxiliar e um berço que vira mini cama, a qual acomoda uma criança até 5 ou 6 anos… lindo, maravilhoso!! Decidimos comprar, além do mais, demora de 45 a 60 dias prá entregar e montar, enquanto isso vamos arrumando aos poucos o resto, pois a decoração só quando meus amadinhos chegarem!!

Mudando de assunto… Tenho lido, visto vários vídeos e conversado muito com pais que já adotaram, com psicólogas e advogados, o foco é sempre adoção, a demora do judiciário e a quantidade de pretendentes e crianças que não fecha a conta… Pois bem, de todos os pretendentes que tenho contato, posso dizer que apenas um ou dois casais fazem restrição á irmãos, por conta financeira mesmo, mas não há restrição quanto a cor, sexo e idade… aí fui dar uma xeretada no cadastro de habilitados de uns grupos que faço parte, primeiro vi as várias reclamações que estão na fila há 3, 4, 5 anos…. achei demais e fui mais a fundo, olhar o perfil dos habilitados e me surpreendi, a maioria desses que estão todo esse tempo esperando, o perfil é quase o mesmo: Menina, branca, sem irmãos, de zero a dois anos, saudável. Meu Deus, filho não se escolhe!!!! Quando se engravida, o sexo já é sabido pelos genitores? Lá atrás, no dia, na noite, sei lá que horas que o ato foi consumado, já se sabe o sexo do bebê? Outro ponto importante, porque apenas de zero a dois anos? Tem como não amar uma criança de 5, 6, 7, 8 anos?? É possível isso?? Não estou julgando ninguém, por favor, apenas queria entender,como não abrir o coração prá uma criança de cinco anos? Vi alguns casais que tem a pele parda e querem filhos brancos… não entendi, mas cada um sabe de si. O que quero aqui é analisar e pensar em uma criança um pouco maior, normalmente essa criança tem um, dois irmãos, claro que há pessoas que não tem condições financeiras prá ter dois filhos ao mesmo tempo, mas e quem tem? Digamos que ao engravidar, descobre que são gêmeos, o que vão fazer? Se desfazer de um? Porque toda essa diferença em escolher ao adotar e aceitar o que Deus mandar num filho biológico? Esses são alguns dos obstáculos da adoção e nesses casos não é culpa do judiciário, não há possibilidade de ficar menos que 3 anos na fila de espera com esse perfil. Amor não tem idade, cor, sexo, raça… amor de pai e filho é prá sempre e não há impedimentos prá isso. Um bebê é maravilhoso, lindo, guti guti, mas dá trabalho também, uma criança maior precisa tanto de amor quanto esse bebê que é tão exigido nos perfis que tem por aí! Temos que abrir nosso coração pro amor incondicional, livre de amarras e padrões, temos que acabar com o mito da adoção tardia, não há idade prá amar, não há idade prá ser feliz e formar uma família. Vou pedir permissão prá uma amiga, que adotou uma criança com 7 anos, prá contar aqui a experiência dela, ou então peço prá ela mesmo vir aqui contar… garanto que vocês vão se emocionar ao ler, chorar litros e concordar que criança é criança e todas precisam de amor, não existe amor maior!

Tá aí minha mistura de sentimentos… ansiosa, feliz, triste, sonhadora… 

 

Anúncios