Dias frios e cinzentos… será?

Terminada a sexta-feira, já não há motivos prá acessar o Projudi, então vamos aproveitar o fim de semana!! Os kus (cunhados, nos chamamos assim) vieram de Sta.Catarina na sexta, obaaaaaaaaaaa sábado iríamos prá casa da sogra e combinamos de comemorar o aniversário dela com guloseimas julinas! Passei a sexta na cozinha, fiz uma torta alemã, quibe assado e bolo de cenoura com chocolate, o marido fez pé de moleque, sábado saímos de casa ao meio dia… passamos o dia em volta da mesa, comendo, fofocando, brincando com as crianças e comendo, comendo… chamei minha amiga irmã e comadre Aline prá ir, ela foi com o marido e as duas crianças, imagina três crianças com quase a mesma idade, trancadas numa casa? Ainda mais com duas Fernandas prá bagunçar??? Ferveram boa parte da noite. Foi muito divertido, reunião de malucos, aonde um fala mais alto que o outro e tudo se mistura de forma que sempre tem uma piadinha. Domingo de frio e marido amanheceu gripado, tá bom, vamos ficar debaixo das cobertas.

Havíamos combinado de ir comprar o quarto das crianças hoje, o marido tá de folga e depois não daria certo prá irmos. Acordei e como de costume olhei o Projudi e nenhuma alteração. Marido ruim da gripe e eu perguntei várias vezes se ele não queria ir outro dia, mas a resposta era Não… fomos e compramos, aaaaaaaah que delícia, tudo branquinho com detalhes em carvalho, me apaixonei e não quis outro! Voltamos prá casa, mas parece que aquilo não tinha sentido, uma alegria digamos assim mais ou menos… o marido perguntou se tinha alguma mudança e eu disse que não tinha visto, que iria acessar o site mais tarde, mas tava tão sem vontade, tão desanimada por imaginar que continuaria na mesma, depois de fazer tudo que tinha, fui olhar o abençoado Projudi… eeeeeeeeee estava lá a atualização tão esperada nos últimos quinze dias, nossa psico enviou o relatório e já foi encaminhado pro MP… aaaaaaaaaaaah que delícia, lemos tudo e adorei o que ela disse sobre nós, aproveito agora que ela já fez a parte dela e digo que a Thaís, nossa psicóloga é super querida, atenciosa e nos deixou super á vontade, eu tive a impressão que estava conversando com uma amiga de anos e não fiquei intimidada em nenhum momento! Obrigada Thaís, você é suuuuuuuper, adorei ter sido você a nossa psicóloga, melhor impossível!

Agora parece que tudo mudou, as cores voltaram e o sol tá brilhando de novo… vocês vão pensar: Calmaaaaa, é só um relatório, essa mulher é maluca!! Gente é mais um degrau conquistado, é menos um dia prá chegada dos nossos filhos… é O Relatório que diz se estamos aptos ou não prá adoção!!!!   E mais uma vez os números ímpares que eu tanto desprezava, me deram notícias maravilhosas, todas as movimentações importantes do nosso processo, aconteceram em dias ímpares, desde a entrega da documentação, até a entrega do relatório da psico ao MP e hoje, dia 01/07/2013 é completamente ímpar… hoje compramos o quarto das crianças e nosso Projudi voltou a nos amar!!!!!!!!

Última entrevista…

Essa semana tá corrida, pois o marido tá de folga e além da entrevista fomos na casa do meu pai na quinta, na sexta fomos na casa de um amigo dele do trabalho, sábado vamos na casa da minha amiga irmã Aline e domingo é dia de filar aquele almoço da sogra… Mas vamos ao que interessa… fizemos nossa última entrevista com a “nossa” psicóloga na quinta, ela fez mais algumas perguntas e perguntou se gostaríamos de acrescentar algo, releu nosso perfil e mudou algumas coisas, pois na primeira entrevista queríamos uma criança até dois anos, agora queremos dois irmãos, um até três anos e o mais velho até sete anos. Como sempre foi tudo normal e eu sempre me senti muito á vontade com ela e dessa vez não poderia ser diferente. A Fer foi junto e a psico conversou sozinha com ela, enquanto isso ela pediu que escrevêssemos uma carta aos nossos filhos, eu sinceramente não tive dificuldades e só não escrevi mais porque minha letra é horrível e eu não sei escrever sem linhas, hahahahahahaha.Fizemos algumas perguntas também e no final ela disse que vai enviar seu relatório para o Ministério Público e logo sai a sentença, aí se for favorável a juíza assina e estamos habilitados, entrando no CNA, aí é só esperar o abençoado telefonema que vai mudar nossa vida! Enfim, subimos e conquistamos todos os degraus, foram dias planejando e noites em claro sonhando… é difícil acreditar que tudo muda em pouco tempo, que antes era a correria prá arrumar a documentação, depois a espera prá marcar o curso, mais entrevista e o parecer final! Estou me sentindo grávida, tenho vontade de sair comprando tudo, mas não sei por onde começar e nem posso, pois não sabemos se serão dois meninos, duas meninas, um casal… não importa, na hora saímos feito doidos comprar o que faltar…É uma sensação maravilhosa, algo que eu nunca havia sentido antes, tenho vontade de chorar, de pular, cantar e gritar… Acredito e tenho fé que nossa sentença será favorável prá nós e sairá logo e se Deus quiser, logo nossos filhos estarão aqui, conosco, dando e recebendo amor, correndo pela casa, deixando brinquedos espalhados pelo chão, jogando vídeo game com o pai e a irmã, pedindo prá mãe fazer aquele doce de sobremesa… Logo realizaremos nosso maior sonho, sermos pais… Nossa família estará completa e assim começaremos a escrever a mais linda história de amor, o amor pelos nossos filhos, tão esperados, desejados, tão amados desde já, meu coração arde, meus olhos lacrimejam e minhas mãos tremem só de pensar…Nossos filhos!!!