Último dia de 2013.

Pois é, dia 31 de Dezembro de 2013… Meu Deus, como a nossa vida muda em segundos, dias, meses!!!! Ano passado, nesta mesma data eu jamais imaginaria que eu passaria por todo o processo de adoção, jamais imaginaria que seria mãe novamente! Automaticamente, mesmo sem querer você faz um balanço da sua vida nessa época do ano, eu fico boba ao lembrar que eu estava preocupada com banalidades, coisinhas corriqueiras das festas de fim de ano. Analisando bem, sem maiores alardes ou qualquer outra coisa, nosso processo foi muito rápido, nossa gestação durou sete meses, desde o dia 15 de março que foi o dia que entregamos a documentação no cartório, até o dia 16 de outubro, que foi o dia que recebi a indicação das meninas… uaaaaaaaau sete meses!!! Não tenho palavras prá descrever tudo que tenho passado, digo por mim pois só eu escrevo aqui, o Du é super discreto e reservado e nem eu sei ao certo quais os devaneios dele, só sei dizer que todos, todos mesmo estamos muito felizes, a receptividade da família e amigos com elas e delas com familiares e amigos foi a melhor possível, tem horas que me pergunto se é normal tanta tranquilidade porque eu estava preparada prá uma batalha dupla e infernal!!! Minhas meninas são uns doces, umas queridas, claro que ainda carregam o jeitinho do Shrek, mas devo confessar que eu adoro isso, são crianças e tem suas fases e se eu ensinei meus sobrinhos a arrotar, porque não ensinaria minhas filhas???  Aos poucos vou comentando aqui como foram nossas festas de fim de ano, mas já adianto que iremos passar a virada de ano só nós quatro, a Fer foi prá Florianópolis e as famílias tem outros compromissos, nós não saímos de casa na virada porque temos nossas três filhas peludas e com os fogos elas ficam maluquinhas, quem ama cuida e eu as amo demais prá deixá-las sozinhas!

Quero deixar registrado aqui que não desisti das crianças abrigadas, não é porque minhas filhas estão comigo que vou esquecer tudo que vi, li e ouvi! Quero partipicar ativamente dos grupos com busca ativa e ainda vou realizar meu sonho e fundar um grupo de apoio com minhas amigas Mamães de Curitiba!  Quero pedir prá que todos se mobilizem em prol das crianças abrigadas, negligenciadas, abandonadas, maltratadas… quero pedir que todos ajudem o caso #ficaduda… Não esqueçam que o futuro do nosso país está nas mãos dessas crianças e que se elas tiverem uma infância com amor, dentro de uma família verdadeira, independente dos laços consanguíneos, elas serão adultos de caráter, honestos, justos, bondosos. Vamos nos mobilizar e mudar verdadeiramente essa lei, uma criança deve permanecer no máximo dois anos abrigada e olha que é muito tempo, muita perda de vida prá um serzinho de total dependência de um adulto. Por favor, vistam essa camisa com amor, esqueçam rótulos, fama, poder, camaradagem… se pode ser feito, faça!! Tire uma, duas, dez crianças de um abrigo e as coloque num LAR, criança precisa de amor de pai e mãe, cuidadoras e tias das casas de apoio nem sempre suprem tudo isso, por favor!

Não vou pedir nada este ano, só tenho a agradecer! Agradecer por ter minha Madu viva e saudável (prá quem não sabe, é minha cachorra mais velha que passou lá nas ruas da morte em abril deste ano), agradecer por termos nos tornado pais em tão pouco tempo, agradecer por nossas filhas serem tão lindas, queridas e amadas… as três bonecas da mãe, agradecer por tudo que passei desde as risadas até os momentos de choro nas crises de frescurite, agradecer até pelo primeiro barraco que fiz na vida em local público, pois só assim percebi que muitas vezes achamos uma coisa e a verdade é outra, agradecer até as mais de 100 horas que o Du trabalhou a mais somente em dezembro, pois assim eu consegui provar prá mim mesma que eu consigo ser mãe em tempo mais que integral e sem muita ajuda, agradecer pelas novas amizades e pelas velhas também, agradecer por ter conhecido pessoas que só acrescentaram algo na minha vida, dividiram experiências, conselhos… enfim… obrigada Deus pelo ano que se finda, que o próximo venha com toda luz e amor que seja possível!

Claro que quero agradecer á vocês todos que vem aqui, deixam recados, palavras de amor e carinho, comecei a escrever prá desabafar e esperar meus filhos, mas fui recebendo tanto carinho que hoje eu escrevo prá vocês, de todo meu coração! Espero sinceramente que eu consiga ajudar e contribuir com algo bom nas suas vidas, quem está na fila não desista, persista mas jamais mude seu perfil prá acelerar o processo, quem apenas lê porque simpatiza, o meu muito obrigada! Adotar grupo de irmãos é maravilhoso, vocês não tem noção da cumplicidade entre eles, o trabalho é dobrado mas o amor também é! Que 2014 venha lindo, radiante, que Deus os abençoe e ilumine seus caminhos, desejo de todo meu coração que todos encontrem o amor e a felicidade, assim como nós. Adotar é tudo de bom, ADOÇÃO É FAMÍLIA, ADOÇÃO É AMOR, ADOÇÃO LEGAL É PRÁ SEMPRE!!!!  Obrigada, obrigada… deixo aqui uma despedida de 2013, meu ano maravilhoso e ímpar… Fiquem com Deus, Feliz 2014!!!!!!

Imagem

Anúncios

Mais um dia… Menos um dia…

Eitchaaaaaaaaaa que faz uma semana que não escrevo nada aqui… Então vamos aos acontecimentos. No último sábado, 17/08 teve a festa de aniversário da C. de três aninhos, também filha de uma amiga do grupo, que delícia de festa, um frio danado lá fora, mas lá dentro só amor, crianças e Fofices da Lola extremamente gostosas. O Du estava trabalhando e eu fui sozinha, a Fer me levou e depois voltei de carona com a Ellen, nem preciso dizer como passei a tarde, maravilhosa e não queria estar em outro lugar senão lá! Ontem foi aniversário de duas amigas do grupo, a Dani e a Mariana, teve bolo na casa da Dani, que por acaso mora aqui perto e nós fomos, mais uma noite deliciosa com amigos e a criançada fervendo!!! Eu já disse uma vez e torno a dizer, eu não sei o que seria sem o grupo… tenho encontrado ombros amigos, apoio, torcida, carinho e tudo mais que alguém precisa receber quando está nessa fase angustiante e esperançosa da fila da adoção. Amigos maravilhosos que largam tudo prá ajudar, se preocupam, compartilham e se doam sem querer nada em troca. Eu estou realmente agradecida e encantada com essas pessoas, são anjos que Deus colocou no meu caminho enquanto espero meus filhos! Há uma pessoa em especial que um dia eu quero conhecer pessoalmente, dar um abraço bem apertado e agradecer olhando nos olhos tudo que ela tem feito por mim e se Deus quiser não vai demorar prá nos encontrarmos, por enquanto só posso agradecer e pedir que Deus retribua em dobro tudo que ela faz, não só por mim, mas por dezenas de pessoas e dessas dezenas eu conheço algumas e posso dizer que todas são prova viva do bem que essa pessoa faz e faz por amor, só por amor.

Não tive e não tenho novidades sobre meus filhos e isso me faz hora desanimada, hora esperançosa, hora chateada, hora com raiva, explico o motivo de desanimada e com raiva: Há uma conta que não bate, não fecha, por um lado há dados de mais de 30 mil crianças abrigadas (no mínimo), por outro há dados de adotantes exigentes, mas e o lado das crianças? O lado que o judiciário leva 4 anos prá destituir uma criança? Na terça feira a noite, eu estava sozinha e assisti uma matéria em que uma menina foi retirada da mãe com 15 dias de vida, aos dois anos e meio não estava destituída ainda e o juiz a reintegrou a genitora, alguns dias depois, a menina voltou pro abrigo toda machucada, sofreu maus tratos e ainda permanece lá e sem destituição! De quem é a culpa?? Alguns casais querem apenas bebês, brancos e saudáveis sim, mas graças a Deus hoje mudou e eles são a minoria, mas se o judiciário fizer vista grossa, isso nunca vai acabar e não adianta culpar o perfil dos adotantes!!!! Existem sim, pessoas que defendem as crianças, fazem todo o possível prá dar uma família prá elas, mas existem outras que são completamente hipócritas, dizem que fazem de tudo, mas na verdade é só uma máscara, porque se defendessem as crianças realmente, estariam agindo de forma diferente!!! Não canso de ver as palestras, as entrevistas e os relatos do Dr. Sávio Bittencurt, sim ele é um promotor de justiça, pai adotivo, presidente do Quintal de Ana… um homem abençoado que luta pelas crianças, abraçou a causa e depositou nela um amor puro, um amor de pai!! Assim como ele, tem meia dúzia de pessoas assim, mas sozinhas essas pessoas não conseguem mudar as leis e o pensamento de alguns juízes, mas posso garantir que essa meia dúzia de pessoas, faz pelas crianças muito mais que muitos santinhos que estão por aí, apoiados em gente rica e famosa, amparados por políticos e os bam bam bans da sociedade! A causa CRIANÇAS EM ORFANATOS, LARES E ABRIGOS deve ser defendida por todos, deve ser questão única e prioritária nas varas de infância e seus colaboradores!! Não digo isso porque estou esperando meus filhos e depois vou esquecer, pelo contrário, e as milhares de crianças que perdem seus melhores anos abrigadas? É realmente isso que é bonito? Uma criança chegar num abrigo com dias de vida e só sair de lá com dezoito anos? Não, isso é horrível, é cruel!!! Enquanto meia dúzia de pessoas faz o que pode, as outras cruzam os braços e a hipocrisia domina!!!!!!! Enquanto minha admiração só aumenta por algumas pessoas, por outras só cresce a decepção, não estou querendo nada, não serei candidata a nada, não estou dando indiretas, não estou revoltada, simplesmente indignada e triste ao me decepcionar com algumas pessoas que prá mim eram as que mais apoiavam as crianças e em alguns momentos me espelhei nelas, mas percebi que era só fachada, blá blá blá seguido de lavagem cerebral com o intuito de beneficiar não sei o que, não descobri ainda e nem quero descobrir!!

Enfim… a semana tá acabando e lá se foi Mais um dia sem meus filhos, mas é Menos um dia sem eles!!!!!!!!!!